Gestão de dados: saiba o que é e como implementar na empresa

gestão de dados
5 minutos para ler

Há um problema que assombra o mundo corporativo: a tomada de decisão baseada em meros palpites. Gestores ainda insistem em desprezar estatísticas e métricas avançadas, o que acaba alienando o negócio das demandas de mercado. A boa notícia é que a solução está ao alcance de todos, independentemente do ramo: gestão de dados.

Baseada em estatística, ela surge como uma tecnologia valiosa para preencher essa lacuna e garantir que os gestores estejam cada vez mais bem informados. Neste post, vamos conhecê-la melhor. Boa leitura!

O que é a gestão de dados?

Como muitas empresas de diferentes tamanhos e segmentos têm utilizado a internet e a tecnologia para conduzir seus negócios, é natural que essas operações deixem rastros na rede, se juntando às informações digitais de cada companhia. Todos esses elementos constituem os dados de um negócio.

Desse modo, podemos conceituar esse tipo de gestão como a capacidade de organizar os dados de uma empresa. Eles decorrem das ferramentas e dos processos executados pela instituição, como o próprio histórico digital de compras, e o gerenciamento adequado pode transformá-los, ainda, em conhecimento útil para o negócio.

Dados ainda brutos se tornam informação relevante para a empresa, orientando as estratégias futuras e facilitando o processo de tomada de decisão. Com base em elementos concretos, é possível estabelecer planos de ação mais efetivos, não se limitando à mera intuição e “achismos” sobre o mercado.

Quais são os seus benefícios?

Otimização de processos internos

Ao apostar na gestão de dados, você poderá avaliar o desempenho dos diferentes setores de forma mais apurada. Isso porque as ferramentas tecnológicas conseguem estabelecer padrões e auxiliar os gestores na busca de produtividade.

Consolidação de informações

Por meio do cruzamento dos dados coletados, os líderes passarão a trabalhar com informações sólidas. Vamos exemplificar: um gestor, por pura intuição, define que uma empresa deve começar a adquirir grandes quantidades de uma matéria-prima para incrementar as suas operações.

Porém, com ferramentas estatísticas de gestão de dados, ele terá algumas ferramentas para embasar melhor as suas decisões. Alguns exemplos são:

  • estudos amplos de órgãos governamentais;
  • monitoramento das redes sociais;
  • cruzamento de dados coletados em entrevistas em profundidade;
  • varredura do histórico digital de compras.

Basear decisões estratégicas do negócio nesses critérios se torna uma opção bem mais viável do que simplesmente confiar no próprio instinto.

Utilização de tecnologia de alto nível

Você conta com alguns profissionais de TI em sua companhia ou colaboradores que levam jeito com ferramentas tecnológicas avançadas? Muitas outras empresas também, mas elas acabam desperdiçando esse talento ao delegar exclusivamente a esses trabalhadores tarefas operacionais relacionadas à informática.

Com ferramentas estatísticas de gestão de dados e o auxílio fornecido por parceiros especializados, será possível otimizar a utilização de tecnologia dentro do seu negócio. Desse modo, será possível realizar a gestão com eficiência e os resultados serão repassados diretamente aos clientes: com mais produtividade e desempenho, mais rápidas serão as suas entregas.

Criação de uma cultura organizacional baseada em dados

O ato de utilizar dados para fortalecer as suas estratégias influenciará toda a organização. Quando esse tipo de gestão se tornar rotina, as práticas se tornarão cotidianas e se agregarão com facilidade à cultura empresarial.

Isso traz ganho para todos os setores, o que é especialmente importante para empresas que trabalham com processos internos. Uma companhia que produza acessórios e computadores, por exemplo, precisa de um senso maior de unidade.

A gestão de dados garantirá que as rotinas se tornem centralizadas e transparentes para os colaboradores, já que será mais fácil visualizar e transmitir aos trabalhadores os objetivos comuns. Afinal de contas, tudo é baseado em conhecimento preciso e adaptado às exigências do negócio.

Qual é a importância de contar com parceiros?

A gestão de dados não surge magicamente do nada. Ela é ancorada em amplos estudos de mercado, conduzidos por meio de monitoramento online de público e pesquisas fundamentadas. Desse modo, é essencial que sua empresa considere uma parceria para esse gerenciamento de informações.

A Radar Pesquisas é uma empresa com ampla expertise. Ela oferece ferramentas de Big Data e pesquisas qualitativas, por exemplo, para entender as preferências do seu público-alvo. Com a utilização de estatísticas precisas, será possível fidelizar clientes ao pesquisar o comportamento dos consumidores nas redes sociais.

Dessa forma, além de organizar melhor as informações internas do negócio, os líderes conseguirão estabelecer padrões e tendências de consumo, mantendo o negócio alinhado às exigências do mercado. A gestão de dados possibilita mapear o caminho para que seus produtos e serviços estejam de acordo com as preferências dos consumidores.

E aí, gostou do post e pensa na possibilidade de firmar uma parceria com a Radar Pesquisas? Então, aproveite para entrar em contato conosco e conhecer nosso trabalho!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-