Entenda o que é benchmarking competitivo e qual a sua importância

benchmarking competitivo
4 minutos para ler

Por mais concentrado que o gestor esteja no próprio negócio, é importante sempre ter em mente que a sua empresa não está sozinha no mercado. Um grande erro é se concentrar demais nos próprios processos e ignorar os concorrentes. Neste post, vamos entender como o benchmarking competitivo ajuda no mapeamento de novas oportunidades ao analisar as organizações do mesmo setor.

Essa estratégia é especialmente indicada para companhias que desejam se diferenciar e evoluir com base em práticas já testadas e aprovadas pelos clientes de competidores. Apresentaremos melhor o conceito, sua importância e como implantá-lo em sua organização. Confira!

O que é benchmarking competitivo?

O benchmarking é uma valiosa ferramenta para incrementar o desempenho e aprimorar a gestão. Ele se ramifica em três variações principais: interno, genérico e o competitivo. O competitivo consiste no levantamento de dados e na realização de comparações de práticas, produtos e serviços fornecidos por empresas concorrentes.

Ao escolher competidores de alto nível para mensurar seus resultados, fica mais fácil descobrir o que explica a alta performance dessa companhia. Normalmente, as empresas selecionadas para a realização do estudo são as representantes mais expressivas de um comportamento comercial desejável, que pode ser absorvido pela organização que passa a operar com o benchmarking competitivo.

Qual é a sua importância?

Fazer benchmarking competitivo é extremamente saudável para o negócio. Isso porque seus procedimentos vão gerar novas ideias e soluções a partir do estudo minucioso dos padrões de comportamento de empresas concorrentes.

Outro aspecto interessante é que o benchmarking se concentra em companhias que estejam inseridas no mesmo contexto que a empresa que solicita as comparações. Desse modo, é possível replicar certas estratégias de sucesso por meio de similaridades, como a localização geográfica e o público-alvo.

Analisar as empresas do mesmo setor é uma das formas mais eficientes de descobrir os motivos pelos quais os clientes preferem adquirir os produtos de outras organizações. Ao levar em consideração os quatro pilares do benchmarking competitivo (análise, interpretação, avaliação e mensuração de comportamento), é possível desenvolver novas estratégias de forma progressiva.

Como fazer?

Agora, apresentaremos as principais etapas para um estudo minucioso de benchmarking competitivo e suas vantagens.

Escolha os objetivos e as referências

O primeiro passo é estabelecer onde as melhorias devem ser implantadas. Para isso, é preciso identificar os objetivos primários. Assim, pense nas áreas e funções que exigem melhoria imediata (como o setor administrativo ou área comercial).

Após definir as áreas prioritárias, a próxima etapa é delimitar os concorrentes com quem a empresa quer se comparar para gerar as melhorias. Escolher uma companhia que seja excelente na condução dos seus processos é o ideal para que o próprio negócio evolua de acordo com um exemplo tangível de sucesso.

Para facilitar esse procedimento, priorize modelos de negócio que sejam menos específicos e fáceis de replicar. É possível conseguir referências ao solicitar orientações a consultores empresariais ou até mesmo realizar pesquisas na internet, por meio da página da concorrente e suas interações nas redes sociais.

Embora menos comum, é possível realizar benchmarking competitivo tomando como base outros setores da própria empresa. Isso ocorre principalmente em companhias de grande porte, nas quais há uma grande disparidade na gestão interna. Dessa forma, é possível gerar sinergia entre as diferentes áreas.

Crie metas de melhoria

Um dos principais equívocos de muitas empresas durante os processos de benchmarking competitivo é não mensurar adequadamente os retornos obtidos. Assim, é fundamental estabelecer metas de desenvolvimento que estejam diretamente associadas ao objetivo definido na primeira etapa.

Além disso, os gestores e a equipe designada para o processo de benchmarking devem acompanhar sua realização de forma periódica para que o rumo possa ser corrigido em caso de desvio significativo. Uma avaliação de desempenho é muito importante para o gerenciamento correto dos procedimentos.

Integre o benchmarking competitivo à cultura organizacional

Os procedimentos devem ser permanentemente integrados à cultura organizacional da empresa para gerar processos contínuos de avaliação de mercado. É importante não enxergar essas estratégias apenas como projetos eventuais, mas como um meio de buscar melhorias constantemente.

Percebeu como o benchmarking competitivo é uma forma significativa de se reinventar e oferecer novos produtos e serviços? Ele fornece meios de acompanhar o mercado e se manter atualizado em relação a padrões comerciais de sucesso.

Quer continuar acompanhando nossos conteúdos? Então, nos siga nas redes sociais. Estamos no LinkedIn, no Instagram e no Facebook!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-